Informações
Antecipação de Recebíveis ou Empréstimo: qual escolher?

Antecipação de Recebíveis ou Empréstimo: qual é a melhor opção?

Qualquer empreendedor sabe que um fluxo de caixa saudável é fundamental para o desenvolvimento do seu negócio. Entretanto, até a sua empresa se consolidar no mercado – ou até mesmo depois disso – é comum encontrarmos um problema complicado: a falta de capital. É justamente nesse momento em que os donos vão atrás de empréstimos ou financiamentos, mas acabam esquecendo uma prática muito interessante e que será explorada hoje: a antecipação de recebíveis, também conhecida como Factoring.

O que é a Antecipação de Recebíveis

De uma forma mais simples, a antecipação de recebíveis é uma alternativa que permite à sua empresa adiantar o recebimento de valores a prazo, mas imediatamente e sem alterar a cobrança ao seu cliente final. Ou seja, o factoring é uma forma de você manter dinheiro em caixa, podendo cobrir as suas despesas mais urgentes e evitar o acúmulo de dívidas.

Uma das principais vantagens da antecipação de recebíveis é que o seu negócio terá acesso a um dinheiro que, de qualquer forma, é seu. Claro, é preciso reforçar que no factoring tempos uma taxa de juros – consideravelmente menor em relação a um empréstimo, por exemplo.

Aproveitando que mencionamos os empréstimos, vamos entender melhor as principais diferenças entre as duas opções?

Diferenças entre antecipação de recebíveis e empréstimo

Para te ajudar a escolher a melhor alternativa para o seu negócio, explicaremos como cada modalidade funciona. Primeiro, saiba que em toda oferta de crédito, a instituição financeira realiza uma avaliação do risco de o contratante não pagar a sua dívida. Afinal, é importante se resguardar de problemas relacionados à inadimplência.

Como o empréstimo funciona…

No empréstimo, como o próprio nome indica, a empresa vai até uma instituição financeira para pegar um dinheiro que não é seu. Depois, deve devolvê-lo com as devidas taxas de juros. Você pode escolher em pagá-la uma única vez ou de forma parcelada. Nesse tipo de operação, a instituição vai avaliar a nota de crédito do solicitante, para assim, decidir se realizará o empréstimo e com qual taxa de juros o fará.

Naturalmente, a principal desvantagem dessa operação é que, no final, a sua empresa vai pagar um valor maior do que embolsou, já que os juros são proporcionais ao período estipulado para a quitação dos valores.

Como a antecipação de recebíveis funciona…

Na antecipação de recebíveis, por outro lado, o seu negócio terá acesso a um valor que será recebido, comprovadamente, em breve. Dessa forma, o risco de inadimplência é reduzido drasticamente. Como consequência dessa baixa chance de não-pagamento, os juros e as taxas são menores em relação aos empréstimos.

Qual é a melhor opção?

Na prática, você deve escolher a que tiver menor custo para a sua empresa. Como vimos acima, a antecipação traz um pouco mais de segurança para o empreendedor e, por tabela, para a instituição que realizará a operação.

Em resumo, estamos falando de um recurso mais rápido e ótimo para casos emergenciais. Portanto, sempre que possível, opte pelo Factoring, pois os juros são menores. Mas lembre-se: sem uma boa gestão, qualquer uma das opções pode se tornar uma verdadeira dor de cabeça. Além disso, só faça o negócio se souber que terá condições de realizar o pagamento!

Factoring: conheça a solução para a sua empresa

Como vimos hoje, o factoring pode ser uma alternativa mais segura para o seu negócio. Mas para garantir todos os benefícios dessa modalidade, você precisa de uma empresa diferenciada. Nós, da Hoome Credit, estamos no mercado de factoring e sabemos como te ajudar.

Essas foram nossas dicas sobre o que você precisa saber sobre a antecipação de recebíveis. Se gostou, não esqueça de compartilhar com os seus contatos. Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários!

telefone